Peregrinação

Marcos Aguiar - 11/05/2017 - 08:17

Peregrinação

Uma boa viagem para todos os peregrinos que se dirigem neste momento a Fátima.

Durante muito tempo tive dificuldades em compreender as motivações que levam tantos homens e mulheres a encetar esta difícil jornada. Para mim, tratava-se apenas de um dispêndio desnecessário de energia que poderia ser canalizada para objetivos mais concretos e urgentes.

Hoje, julgo compreender o móbil dos peregrinos.

Para podermos realizar coisas boas neste Mundo, devemos, primeiro, "fazer as pazes" connosco próprios – processo de mudança que, muitas vezes, obriga à catarse pela dor. Mais do que uma viagem terrena, esta é uma jornada ao íntimo de cada um.

Nos caminhos da fé (e da dúvida), alguns sentem genuinamente ter encontrado Deus - e, através deste crer, reencontram-se a si mesmos. Outros encontram “apenas” um abraço, uma palavra amiga, um afago. E estas ligações humanas, não sendo divinas, neste Mundo de egoísmos e egocentrismo, podem fazer milagres.

Eu, agnóstico inveterado, desejo simplesmente que todas e todos cheguem em segurança a Fátima e que, pelo caminho, consigam alcançar alguma da paz espiritual que todos merecemos.

Um abraço, do tamanho do Alentejo, para o auditório da Rádio Pax.

Audio Player

COMENTE ESTE ARTIGO