Abutre-preto continua a reproduzir-se no Alentejo

Vários casais de abutre-preto voltaram a nidificar no Alentejo, anuncia a Liga Para a Protecção da Natureza (LPN)

Esta espécie ameaçada está a ocupar os ninhos artificiais instalados pelo projecto LIFE “Habitat Lince Abutre” na Herdade da Contenda, concelho de Moura. Tal como nos dois últimos anos, um desses casais criou com sucesso uma cria de Abutre-preto, dando assim continuidade ao restabelecimento de um núcleo reprodutor desta ave no Sul de Portugal.

A monitorização efetuada pela Liga para a Protecção Natureza (LPN) em colaboração com a Herdade da Contenda, confirmou este ano a existência de três a quatro casais nidificantes de Abutre-preto naquela herdade.

 

Em 2015 o Abutre-preto voltou a reproduzir-se no Alentejo, após mais de 40 anos sem registo de reprodução a sul do rio Tejo.

Eduardo Santos, responsável pelo projecto “Habitat Lince Abutre” olha com optimismo para o futuro desta espécie.