Acessos, mobilidade e saúde nas preocupações do Partido Ecologista

Afonso Henriques defende a curto prazo, em Beja e no resto do país, o incentivo aos transportes públicos, melhorias na educação e mais médicos e meios nos serviços de saúde. As declarações foram deixadas pelo coordenador distrital do Partido durante as Jornadas Ecologistas, em Beja, onde “Os Verdes” assinalaram vários problemas que “hipotecam o desenvolvimento”.

No entender o Partido Ecologista, a suspensão das obras no IP8 e no ÎP2 traduzem-se numa “perda de qualidade de vida da população”; o investimento na linha ferroviária deveria ser uma prioridade; e a situação “caótica” nas urgências do Hospital de Beja e o risco deste perder valências são situações “inaceitáveis”. Afonso Henriques diz que “uma pequena falha em Lisboa é uma grande falha no interior do país”.

No plano positivo, “Os Verdes” destacaram o Instituto Politécnico de Beja. “É um pólo de desenvolvimento e tem feito um trabalho excepcional”, considera Afonso Henriques que diz ainda que o IPBeja “poderia fazer melhor se tivesse mais meios”.