Acidentes de trabalho fizeram dois mortos no distrito de Beja

Em 2018 perderam a vida em acidentes de trabalho no distrito de Beja duas pessoas, menos cinco do que em 2017. Os dados são da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT).

Os acidentes de trabalho mataram 131 pessoas, no ano passado, no país. Lisboa com 32 vítimas mortais e o Porto com 22 foram os distritos mais “negros” de Portugal. No lado oposto, sem registo de acidentes de trabalho mortais, ficou o distrito de Bragança.

A construção voltou a ser o sector de actividade com maior número de vítimas mortais. Logo a seguir surge a indústria transformadora.

Os meses de Janeiro e Maio foram os que contabilizaram mais acidentes de trabalho mortais. O sábado foi o dia da semana com mais acidentes fatais registados no país. As vítimas foram maioritariamente homens de nacionalidade portuguesa, com idade entre os 45 e os 54 anos.

De acordo com a mesma fonte, este ano não há a lamentar vítimas em acidentes de trabalho do distrito de Beja.