ADPM formou 450 voluntárias em Moçambique

A ADPM- Associação de Defesa da Património de Mértola promoveu várias oficinas formativas, em Monapo, província de Moçambique, no âmbito do projecto “Nutrir e Crescer”.

As 450 voluntárias que trabalham nas áreas da nutrição e da saúde materno infantil receberam formação sobre métodos de realização de visitas domiciliárias, palestras domiciliárias e demonstrações de culinária.

Jorge Revez, presidente da ADPM explica que estas sessões pretenderam, “revitalizar os conhecimentos das voluntárias”, com o objectivo de “melhorar as condições alimentares da população e reduzir as situações de má nutrição”.

O projecto “Nutrir e Crescer- Monapo em Progresso” está a ser desenvolvido desde 2016. De cordo com o presidente da Associação de Defesa do Património de Mértola “tem estado a correr bem e a superar as expectativas”.

O projecto “Nutrir e Crescer” é promovido pela ADPM e co-financiado pelo Instituto Camões- Instituto da Cooperação e da Língua.