ADPM melhora vida da população em Moçambique

A ADPM- Associação de Defesa do Património de Mértola continua a desenvolver acções para a melhoria das condições de vida das populações de Monapo, em Moçambique.

No âmbito do projecto “Nutrir e Crescer”, foi inaugurado, pela embaixadora de Portugal em Moçambique, no início do mês, um depósito de abastecimento de água, que “permitirá levar água potável a mais de 20 mil pessoas”.

Para além deste depósito foram também inauguradas 3 salas de aula na Escola Secundária de Monapo, que beneficiãoá cerca de 600 jovens estudantes.

Estas iniciativas vêm no seguimento de um trabalho que tem sido desenvolvido pela ADPM e pelo Camões, ICL- Instituto da Cooperação e da Língua, há cerca de 18 anos naquele país.

Através deste projecto, já foi possível construir 38 salas de aula, duas maternidades, um centro de saúde e dez furos de água, “que muito tem contribuído para melhorar a qualidade de vida das suas populações”, salienta a associação.

O projecto “Nutrir e Crescer” é promovido pela ADPM, com o co-financiamento do Camões, ICL.