Alentejo e Andaluzia promovem potencialidades do turista muçulmano

A CIMBAL e o NERBE/AEBAL participam na organização do II Fórum Participativo online do projeto Mercado Halal. A iniciativa, que decorre hoje, tem na sua organização a assinatura do Mercacórdoba e da Fundação Tres Culturas.

Este segundo encontro, agendado para as 11.00 horas, tem como mote a “Aproximação ao turista muçulmano milenar”.

O objetivo da organização do evento é “continuar a esclarecer conceitos e promover o conhecimento entre os interessados ​​em beneficiar deste projecto, o que pode ser uma oportunidade para as PME da Andaluzia e Alentejo que decidam apostar no grande nicho de mercado dos turistas muçulmanos”.

Esta segunda edição do fórum contará com diversos especialistas internacionais que explicarão as principais características, demandas e potencialidades dos muçulmanos nativos digitais (os chamados, no âmbito do projeto, Turistas Muçulmanos Milenares).

Além disso, este fórum permitirá aos participantes, não só conhecer este setor em crescimento, mas também aprender a integrá-lo, tendo em conta as novas tendências e o contexto socioeconómico peculiar que vivemos.

Este projeto é promovido pelo programa de cooperação INTERREG VA Espanha-Portugal (POCTEP 2014-2020), e tem como objetivo gerar vantagens competitivas para os produtos e serviços de diferentes empresas na Andaluzia e Alentejo, adaptando-os aos critérios definidos como “muçulmanos amigável”, favorecendo a atratividade das nossas ofertas hoteleiras e o aumento das exportações.

Com este propósito comum, associaram-se duas entidades andaluzas e duas alentejanas: Fundação Tres Culturas, Mercacórdoba (Centrais Abastecedoras de Córdoba), CIMBAL (Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo) e NERBE/AEBAL (Associação Empresarialdo Baixo Alentejo e Litoral), que desde janeiro passado têm trabalhado intensamente em diferentes linhas de ação.