Alentejo perde mais de 52 mil habitantes nos últimos dez anos

O Alentejo é a região do país que regista um decréscimo mais expressivo da população. Em dez anos, a região perdeu 52 368 residentes, o que equivale a 6,9% da população.

Os resultados preliminares dos Censos 2021 foram, hoje, divulgados pelo INE e revelam que, em Portugal, a população residente é de 10 347 892.

Quanto ao Baixo Alentejo, os dados mostram que, na última década, Beja perdeu 2 453 pessoas (6,8%).

Seguem-se Moura (-1 900), Serpa (-1 855), Mértola (-1 069), Vidigueira (-755), Almodôvar (-740), Ferreira do Alentejo (-579), Ourique (-547), Cuba (-504), Barrancos (-399), Castro Verde (-398), Aljustrel (-378) e Alvito (-228).

Apenas um concelho no Alentejo registou um aumento da população. Odemira viu, na última década, a população crescer em 3 457 residentes.