Aljustrel propôs projetos estruturantes para o concelho

O Município de Aljustrel já entregou os seus contributos para o Plano de Ação no âmbito da estratégia para o Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020-2030.

A elaboração deste plano, com o respetivo financiamento acoplado, será segundo a autarquia “determinante para a estratégia e para a visão do que se pretende realizar nesta década em território nacional, estando a realizar o Governo, neste momento, uma audição pública”.

A Camara propôs incluir neste Plano, a construção da Variante de Aljustrel; as áreas empresariais previstas para o Concelho de Aljustrel, como sendo a Área de Acolhimento Empresarial de São João de Negrilhos, o Centro de Negócios de Aljustrel, a Área de Acolhimento Empresarial de Ervidel e a Expansão da Área de Acolhimento Empresarial de Aljustrel.

Estas intervenções já estão aprovadas no âmbito do Alentejo 2020, encontrando-se em execução ou a aguardar o início do procedimento contratual.

O Município de Aljustrel identificou ainda para este Plano de Ação as infraestruturas de apoio e de acolhimento para empresas nascentes em Rio de Moinhos e no Carregueiro; o Parque de Investigação, Tecnologia e Desenvolvimento de Aljustrel/Centro de Transferência de Conhecimento e Tecnologia, a localizar a sul da zona denominada por +25; o Parque Empresarial e Logístico da Mancoca, de iniciativa privada, e o Centro Tecnológico e Agroalimentar.