AMAlentejo quer alteração no PNPOT

A Comissão Promotora de AMAlentejo enviou, hoje, ao Grupo de Trabalho da 11ª Comissão da Assembleia da República um conjunto de propostas para alteração do PNPOT- Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território.

Entre as muitas propostas avançadas, a Comissão “considera fundamental, no plano dos transportes e respectivas Infraestruturas (ferroviárias, rodoviárias, marítimas e aéreas), a discussão e inscrição no PNPOT e no PNI2030, como medidas prioritárias e de interesse nacional”.

A “AMAlentejo defende a necessidade de sublinhar no PNPOT uma adequada gestão dos recursos hídricos, designadamente construções de mais barragens no Alentejo, com prioridade para a barragem do Pisão, (…) e considera necessária a disponibilização de uma cartografia actualizada, de melhor qualidade, de mais fácil leitura e compreensão (…).

Na nota de imprensa enviada às redacções, a AMAlentejo propõe que se inscrevam no PNPOT “medidas concretas para a consolidação dos subsistemas urbanos regionais mais vulneráveis designados por “sistemas territoriais a estruturar” (…).