Ano letivo arranca com problemas “antigos” por resolver

Arranca nesta terça-feira, o ano letivo. Algumas escolas abrem já hoje, outras poderão fazê-lo até à próxima sexta-feira, dia 17 de setembro. O Sindicato de Professores da Zona Sul (SPZS) fala num arranque preocupante, com problemas “antigos” por resolver.

A falta de professores e funcionários, a precariedade da carreira docente, as aposentações são, à semelhança, de anos letivos anteriores, algumas das preocupações apontadas pelo SPZS.

Manuel Nobre, presidente do SPZS, destaca, também, o número elevado de alunos por turma que, muitas vezes, não permite o distanciamento físico exigido pela DGS.

À falta de docentes, soma-se a transferência de competências para os municípios, um processo que o Sindicato de Professores da Zona Sul considera “imposto pelo Governo”.