António Costa defende interior como base de projecção para o mercado ibérico

O presidente da Câmara de Lisboa frisou que o interior do país está próximo do mercado ibérico que tem cerca de 60 milhões de moradores. Junto às fronteiras nacionais estão 6 milhões de espanhóis sem incluir a Andaluzia. As capitais de distrito do interior do país estão a cerca de 150 quilómetros de um grande mercado. Em seu entender, o interior do território nacional não pode ser visto como “as traseiras do litoral” mas como a base de projecção no mercado ibérico para que as empresas e os agricultores “ganhem músculo” para serem competitivos à escala global.

Para o interior do partido, António Costa deixou alguns recados. O presidente da Câmara de Lisboa apelou ao respeito e lembrou que os adversários estão fora do PS.

António Costa juntou num hotel da cidade personalidades do Partido que estão com António José Seguro. É o caso de Pedro do Carmo, presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS, que já manifestou publicamente o apoio a Seguro.