APA e ADPM apresentam projeto “Alentejo_Clima em Escassez Hídrica”

A Agência Portuguesa do Ambiente, em parceria com a Associação de Defesa do Património de Mértola (ADPM), apresenta, hoje, publicamente o projeto “Alentejo_Clima em Escassez Hídrica”.

O evento, que se realiza por ocasião do Dia Nacional da Água, decorre entre as 15:00 e as 16:00 horas, em formato online, sendo igualmente transmitido em streaming nas redes sociais do projeto.

O projeto “Alentejo_Clima em Escassez Hídrica” visa capacitar e sensibilizar diferentes atores de todo o Alentejo para intervir no território, em prol da adaptação às alterações climáticas e, em especial, da melhoria da gestão dos recursos hídricos, tal como explica María Bastidas, da ADPM.

Dada a importância desta problemática, a técnica da ADPM realça, ainda, duas atividades inseridas no projeto, que se prendem com a criação de redes, uma com as Câmaras Municipais e outra com as escolas.

Além de intervenções por parte das entidades parceiras, a sessão de apresentação contará com a participação de António Chambel, para abordar a problemática da escassez hídrica e a sua particular relação com a gestão dos Recursos Hídricos.

António Chambel é Doutorado em Hidrogeologia e docente do Departamento de Geociências da Universidade de Évora, tendo exercido o cargo de Presidente da Associação Internacional de Hidrogeólogos, entre 2016 e 2020, e de membro do Conselho Mundial da Água, entre 2015 e 2020.

A participação é gratuita, mas está sujeita a inscrição, através do preenchimento de formulário.

Com uma duração de 24 meses, esta iniciativa é cofinanciada pela União Europeia através do Alentejo 2020, envolvendo um investimento total elegível superior a 234 mil euros e beneficiando de apoio do Fundo Social Europeu no montante de cerca de 199 mil euros.