Artesanato é “ex-libris” da FACECO

A FACECO- Feira das Actividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira, termina este domingo.

A iniciativa que decorre no Parque de Feiras e Exposições de S. Teotónio dá destaque à pecuária, à agricultura, ao turismo, ao artesanato e à gastronomia.

O certame faz a promoção, “dos produtos e actividades, das colectividades e dos actores locais, potencia o tecido empresarial e cultural e atrai novos empreendedores e investidores para o concelho” de Odemira revela a Câmara, entidade promotora.

Segundo a mesma fonte, a FACECO é considerada como “a montra das capacidades do território odemirense, patentes nas diversas actividades económicas, sociais e culturais, representadas por diversos expositores”.

O artesanato local está em grande destaque no Pavilhão do Património Cultural, com mais de 50 artesãos a trabalhar ao vivo.

Ricardo Cardoso, vice-presidente da Câmara de Odemira, realça que o artesanato é o “ex-libris da Feira”.

A Feira é, esta tarde, também palco da entrega dos Prémios Espírito Empreendedor 2018, que se insere no âmbito do Programa “Odemira Empreende – Programa Municipal de Empreendedorismo e Emprego”. A cerimónia agendada para as 15 horas acontece no auditório do Pavilhão Institucional.

A animação musical está, esta noite, a cargo de Fernando Daniel.