ASPIG preocupada com “penúria financeira”

A Associação Sócio – Profissional Independente da Guarda (ASPIG) manifesta a sua preocupação com o que diz ser a “penúria financeira” nalgumas Unidades da GNR.

Numa nota de imprensa, enviada às redacções a ASPIG sublinha que as dificuldades de tesouraria não permitem que sejam feitas “as mais elementares reparações às viaturas”.

A Associação acrescenta que não compreende “os motivos que levam o Governo a divulgar, de forma efusiva, a melhoria de quase todos os indicadores económicos, financeiros e outros ao mesmo tempo que permite que se junte à escassez de efectivos, bem como a um parque auto obsoleto da GNR, a penúria referida”.