Assembleia de Odemira pressiona Governo “a tomar uma decisão justa”

A Assembleia Municipal de Odemira aprovou, por unanimidade, uma moção contra a a prospecção de petróleo.

A moção apresentada pelo Bloco de Esquerda tem por base “a posição conjunta tomada pelos municípios do Algarve e de Odemira contra a prospecção e exploração de petróleo e gás na costa portuguesa, (…)”, e a “oposição à recente decisão da Agência Portuguesa de Ambiente, ratificada pelo Ministério do Ambiente, de avançar para a prospecção do furo ao largo de Aljezur, sem a respectiva Avaliação de Impacto Ambiental”, explica a nota de imprensa enviada às redacções.

Pedro Gonçalves, deputado  do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal de Odemira explicou à Rádio Pax que as moções pretendem “pressionar o governo a tomar uma decisão justa”.

Ainda de acordo com o deputado, caso esta situação não se resolva, a Assembleia Municipal de Odemira ameaça levar o caso a tribunal.

A Assembleia Municipal aprovou ainda uma recomendação ao Município, por proposta do BE,  para que sejam utilizados métodos de controlo de infestantes menos agressivos e poluentes ao dispor das autarquias e se acabe com a aplicação de fitofármacos à base de glifosato em todo o concelho.