Beja discute temática do suicídio

Beja tem estado a desenvolver a campanha “Setembro Amarelo”. Esta iniciativa que decorre a nível internacional, pretende discutir a problemática do suicídio.

A capital do Baixo Alentejo foi a primeira cidade do país a avançar com a campanha, através do Observatório dos Comportamentos Suicidários da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo e da ARIS da Planície – Associação de Reabilitação e Integração Social de Pessoa com Experiência de Doença Mental.

A campanha que decorre durante este mês desenvolve várias actividades. Ana Matos Pires, directora do Serviço de Psiquiatria da ULSBA fala da iniciativa que decorre durante o dia de hoje: uma tertúlia sobre a temática. O convidado desta semana é o médico Carlos Braz Saraiva.

Ana Matos Pires refere ainda que “o suicídio não é uma doença, mas sim um comportamento que surge em diferentes contextos”, e por isso mesmo a iniciativa “Setembro Amarelo” pretende acabar com estes “temas tabus”.

O Alentejo é a região do país com maior taxa de suicídio.