Beja integra projecto piloto na área dos transportes

Beja, Moura, Reguengos de Monsaraz, Odemira e Mértola são os concelhos onde vai avançar o projecto piloto “Transporte a Pedido”.

Este projecto tem como objectivos “disponibilizar uma solução de ‘Mobilidade Como Serviço do Alentejo’ e garantir uma resposta adequada e complementar às necessidades dos cidadãos”, revela a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo, entidade promotora.

O “Transporte a Pedido” pretende “complementar os serviços existentes, em locais onde ele não existe ou é deficitário, nunca se sobrepondo à oferta já existente”.

No futuro a CCDR Alentejo quer alargar o serviço a todos os concelhos.

Com a implementação da Plataforma de Mobilidade Como Serviço do Alentejo, os promotores esperam “uma transformação digital que sirva também de instrumento de gestão territorial e mobilidade, de forma a garantir uma maior coesão regional”.

Esta acção é inspirada num projecto desenvolvido no Médio Tejo onde o cliente contacta o serviço através de telefone. Um operador regista o pedido. O transporte é deslocado para o local solicitado.