Beja recebe jornadas sobre VIH

Beja recebe, hoje e amanhã, as XIX Jornadas do Núcleo VIH da SPMI- Sociedade Portuguesa de Medicina Interna.

Sob o mote “Doença VIH, mais vida com qualidade”, a iniciativa pretende “proporcionar um fórum de discussão, actualização, troca de experiências, e convívio, para todos os que se interessam por esta área”, refere a ULSBA- Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo.

Telo Faria, coordenador do núcleo VIH/SIDA da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, coordenador da Infecção VIH/SIDA e Hepatites da Região Alentejo (ARSA) e responsável da Consulta Multidisciplinar da Doença Infecciosa da ULSBA explica que a SIDA é, actualmente, considerada “uma doença crónica, tal como a hipertensão ou a diabetes”.

Em seu entender, “a discriminação e estigmatização social, familiar e laboral, são as questões mais difíceis de ultrapassar (…) devido às mensalidades [das pessoas] ”.

As Jornadas do Núcleo VIH da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, que estão de regresso à cidade de Beja ao fim de 16 anos, vão também homenagear uns dos pioneiros no seguimento clínico destes doentes, e na criação do Núcleo VIH da SPMI, o Dr. Vitor Bezerra.

A iniciativa acontece numa unidade hoteleira da cidade.