Beja reforça recolha de “monstros” domésticos

A Câmara de Beja em parceria com as Uniões de Freguesia da cidade inicia, hoje, o reforço da recolha de “monstros” domésticos.

Esta acção representa um esforço acrescido para manter a cidade visualmente limpa.

Fernando Curado, engenheiro da Câmara Municipal de Beja espera não encontrar “muitos objectos volumosos”, até porque o correcto é os fregueses “telefonarem às Uniões de Freguesia” para acordarem um dia e uma hora “para a recolha dos “monstros” domésticos e não coloca-los imediatamente na rua”, e esperar que sejam recolhidos.

O engenheiro pede às pessoas que tenham paciência porque “há muitas solicitações e as Uniões de Freguesia não conseguem dar resposta de imediato”.

Fernando Curado acredita, que com este reforço, “as coisas corram melhor”.