Beja revive ocupação romana

O VI Festival Beja Romana abriu hoje as portas com o tema da partilha de culturas.

A Câmara de Beja, entidade promotora, anuncia na programação do Festival exposições, conferências, visitas pedagógicas, oficinas didácticas, oficinas de cozinha, música, animação, cortejos, mercado, acepipes, museu ao vivo e outras experiências.

O Beja Romana faz uma “maior aposta nas actividades educativas e no envolvimento das escolas do concelho”, revela o município.

Durante três dias o Festival dá a conhecer os hábitos e a cultura do período romano em várias conferências, mostra a presença romana no território, revela as lendas na Roma Antiga e recria o espaço da Casa Romana.

Cozinha, provas de vinho da talha e jogos romanos são outras das propostas.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja afirma que o Festival já entrou no “roteiro habitual da cidade”. Para facilitar a chegada à Praça da República, o epicentro do Festival, o estacionamento é gratuito no Parque subterrâneo da Av. Miguel Fernandes.