Câmara de Beja instalou 36 novos moloks desde 2018

A autarquia de Beja revela que, desde 2018, já instalou 36 novos moloks (7 em 2018; 5 em 2019 e 18 em 2020), substituiu quatro (3 por motivo de incêndios) e retirou seis (5 dos quais, em 2020, no Centro Histórico, por via do início da recolha porta-a-porta).

Entre os colocados e os retirados, atualmente, o concelho conta com mais 30 moloks face ao existente no início de 2018.

Locais como o Bairro do Pelame ou o Penedo Gordo ficaram totalmente servidos por estes pontos de depósito de resíduos, explica o presidente do município bejense, adiantando que está a concluir-se operação idêntica no Bairro dos Moinhos.

Por outro lado, a autarquia aumentou, também, o número de passagens por zonas onde a acumulação de depósitos cresceu. A título de exemplo, no Largo das Alcaçarias, passou-se de quatro recolhas semanais para seis. 

Foram, ainda, adquiridas 2 viaturas novas de recolha – uma para esvaziamento de contentores e de moloks e outra para o porta-a-porta no Centro Histórico – e reforçada a equipa de recolha de resíduos em mais 20 pessoas.

As freguesias do concelho têm também adquirido viaturas para recolha, mediante marcação prévia, dos chamados “monstros domésticos”.