Câmara de Beja “não deixa ninguém para trás”

A Câmara Municipal de Beja, em conjunto com as Juntas e Uniões de Freguesias do concelho e outras entidades, tem disponível o serviço “Co(m)sigo”, um serviço de apoio domiciliário à população mais vulnerável do concelho.

De acordo com a Câmara de Beja, esta é uma medida de carácter “temporário e excecional” e consiste na entrega de bens de primeira necessidade ao domicílio.

A acção destina-se a munícipes com 65 anos ou mais, doentes crónicos, pessoas em quarentena obrigatória decretada pela Direcção Geral da Saúde ou noutras situações suscetíveis de avaliação técnica.

A funcionar há pouco mais de uma semana, “está a correr globalmente muito bem”, disse à Rádio Pax, Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja.

O autarca refere ainda que o serviço “está a responder muito bem” e realça o apoio que também é prestado pela Santa Casa da Misericórdia e por algumas juntas de freguesia, “o que alivia a Câmara”.

Em seu entender, está a “ser prestado um bom serviço”, onde “não fica ninguém para trás”.

Para efectuar o seu pedido contacte o 967042294 de segunda a sexta-feira das 9 às 18 horas.

Com esta iniciativa, a Câmara de Beja pretende proteger a população mais vulnerável do risco de contágio pelo novo Coronavírus.