Cáritas alerta para “poluição e degradação ambiental”

A Cáritas Diocesana de Beja organiza hoje, pelas 18 horas, nas Portas de Mértola o seu terceiro “Circulo de Silêncio”, subordinado ao tema “Cuidar do Meio Ambiente- Cuidar da Casa Comum”.

Os “Círculos de Silêncio” são um movimento de cidadãos e de organizações que consideram que a situação em que muitas pessoas vivem é extremamente precária e apelam “à consciência daqueles que fazem as leis, daqueles que as aplicam e daqueles em cujo nome são feitas, para concretizar uma política que respeite a dignidade do ser humano”, realça a Cáritas de Beja.

A iniciativa de hoje é desenvolvida em parceria com a Câmara Municipal de Beja, Rede Social, Núcleo de Beja da Rede Europeia Anti-Pobreza, Santa Casa da Misericórdia de Beja, Eco Escola do IPBeja e o Grupo Eco-Comunidades na Planície.

Francisco Alvarinho, vice- presidente da Cáritas Diocesana de Beja explica que este terceiro Ciclo de Silêncio vai alertar “os participantes para a problemática da poluição e da degradação ambiental”.