Castro Verde apoia Instituições Particulares de Solidariedade Social

A Câmara de Castro Verde prossegue, este ano, com uma estratégia de apoio às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho.

Neste contexto, a autarquia atribuiu um apoio financeiro no valor de 7.500 euros à Fundação Joaquim António Franco e seus pais, de Casével, “com o objectivo de fazer face às despesas inerentes às obras de requalificação do sistema de águas quentes e controlo de contaminação da sua Unidade de Cuidados Continuados”, anuncia o município em nota de imprensa.

A autarquia decidiu doar, também, ao Lar Frei Manoel das Entradas um lote de terreno (avaliado em 8 mil euros) contíguo à ERPI- Estrutura Residencial para Idosos da instituição, (…) “com vista à construção de um espaço de arrecadação e arrumos, que virá colmatar uma lacuna existente no actual edifício da ERPI”, refere a mesma entidade.

António José Brito, presidente da Câmara de Castro Verde salienta que estas instituições “prestam um trabalho e um serviço público fundamental” para a população.

Em seu entender, estas ajudas servem para “fortalecer a acção e o trabalho público e extremamente importante” de cada uma das instituições do concelho.

A autarquia refere ainda que, durante o ano de 2018 “foram concretizados apoios financeiros, regulares ou pontuais, num valor superior 111 mil euros, a todas as IPSS’s e outras organizações de carácter social do concelho de Castro Verde”.