Castro Verde associa-se a movimento de impressão 3D de viseiras

O Município de Castro Verde vem, em nota de imprensa, informar que se associa ao movimento Maker ao “disponibilizar a impressora 3D instalada no In Castro e materiais para produzir viseiras para os profissionais de saúde, emergência e acção social”.

O movimento é dinamizado pela professora Paula Vasconcelos em Castro Verde.

“Tirando partido de modelos desenvolvidos por diversos voluntários, é possível imprimir e fabricar estes equipamentos de proteção individual”, refere o município de Castro Verde.

O Município afirma estar a “acompanhar e apoiar o Buinho FabLab”, associação sediada em Messejana, “na produção destes materiais que serão doados às instituições da região”.