Castro Verde, Cuba, Serpa, Alvito e Odemira desligam as luzes na “Hora do Planeta”

Esta é uma iniciativa da organização global de conservação da natureza WWF – World Wildlife Found. A acção surgiu em 2007 em Sidney, na Austrália, quando 2,2 milhões de pessoas e mais de 2 mil empresas apagaram as luzes durante uma hora numa tomada de posição contra as mudanças climáticas.

A “Hora do Planeta” pretende de sensibilizar a população para a necessidade de diminuição do consumo de energia e de protecção do planeta.

Assim, em Castro Verde serão desligadas as luzes do edifício dos Paços do Concelho, do Monumento ao 25 de Abril e da Rotunda evocativa do Poder Local Democrático.

Em Cuba vão ser desligadas as luzes do Largo Conde da Esperança em Cuba, Torre do Relógio em Vila Alva; Ermida da Nossa Senhora da Represa em Vila Ruiva;
Jardim das Piscinas e – Jardim do Poço de São Vicente.

Durante uma hora a Câmara de Serpa vai colocar às escuras a muralha bem como o edifício dos paços do concelho.

Alvito junta-se à “Hora do Planeta” e vai apagar as da Igreja Matriz e da Igreja de Santo António, em Alvito, e a Igreja de Santa Águeda em Vila Nova da Baronia 

O Município de Odemira também aderiu à “Hora do Planeta” e desliga as luzes dos Paços do Concelho, da Ponte Pedonal e do Parque Municipal de Oficinas e Viaturas.

A “Hora do Planeta” decorre entre as 20h30 e as 21h30.