CDS-PP diz que distrito é um “ponto negro”

O CDS-PP esteve na estrada, no último fim-de-semana, para denunciar os locais críticos nas vias de todo o país e exigir soluções ao Governo.

Nos troços apontados como inseguros foi colocado um cartaz com a informação “Esta estrada está um perigo! Até quando Sr. Primeiro-ministro”.

Luís Dargent, líder da distrital de Beja do CDS-PP considera que “não há justificação para o estado em que se encontram as estradas da região”.

O IP8 entre Sines e Vila Verde de Ficalho, continua sem ser concretizado. A estrada que liga Amareleja e Barrancos está num estado “calamitoso”.

À excepção do IP2, entre Évora e Castro Verde, “o Distrito de Beja é todo ele um grande ponto negro”, afirma Luís Dargent.

Luís Dargent frisou que esta área foi a que registou maiores cativações. O líder do PP em Beja adiantou que as “esquerdas unidas” ainda não ultrapassaram o investimento público feito pelo anterior governo de coligação PSD/CDS-PP numa altura em que o país atravessava uma grave crise.