CDU diz que Orçamento da Câmara de Beja é o “corolário” do que foi feito

O grupo da CDU considera que o orçamento é o “corolário do que foi afirmado e feito ao longo deste mandato”.

Na declaração de voto enviada às redacções, os comunistas enaltecem o facto da dívida do município a fornecedores ter baixado bem como os prazos de pagamento.

A maioria CDU na Assembleia Municipal revê-se na estratégia da Câmara de “trazer as pessoas para a rua e fruir da cidade através da oferta de iniciativas culturais e de lazer durante todo o ano”.

Por outro lado, concorda com a opção de requalificação do Centro Histórico como “factor de desenvolvimento cultural e económico”; com a reabilitação patrimonial de onde se destacam as obras no Bairro Social Beja II e com o planeamento de novos equipamentos como o futuro Palácio da Justiça.

Para os eleitos comunistas “as obras da General Teófilo da Trindade, da D. Afonso III e os projectos para a entrada de Beja, pela rua da Lavoura”,  a par da “requalificação dos silos merecem também igual destaque”.