CDU quer substituição da presidente Assembleia Municipal de Beja

A CDU acusa a presidente da mesa da Assembleia Municipal de Beja de, na sessão realizada esta semana, durante a discussão do último ponto da Ordem de Trabalhos, ter impedido um eleito da Coligação de usar a palavra e fechar “unilateralmente” a discussão, passando à votação desse ponto.

Em comunicado enviado às redacções, a CDU frisa que “perante os protestos dos eleitos da CDU, que insistiam na continuação do debate, chamando a atenção para o pedido de palavra daquele eleito, [a presidente da Assembleia] afirmou que a votação tinha sido realizada e que a CDU se abstivera na mesma, não tomando em consideração a afirmação reiterada por esses eleitos de que não tinham votado”.

No debate acalorado que se seguiu, “um elemento do público, militante socialista, interveio na discussão entre dois eleitos, provocando uma desagradável situação que se deplora”, acrescenta a CDU.

A Coligação considera “totalmente injustificável este comportamento por parte da

presidente da Mesa da Assembleia Municipal” e acusa Conceição Casa Nova de “um profundo desconhecimento do que é exigido a quem desempenha estas funções”.

A CDU entende que “na próxima sessão da Assembleia Municipal deve ser agendado o mesmo ponto para ser submetido a votação” e defende “a necessidade da alteração da Presidente, por considerar que a pessoa em causa não reúne as condições para o seu exercício”.