Ceia da Silva espera que turismo interno compense a “quebra” nas viagens internacionais

Ainda é cedo para medir o impacto e os prejuízos que a pandemia do coronavírus terá no turismo nacional e internacional. Ainda assim, nos últimos dias já se registaram cancelamentos nas reservas de hotéis e eventos.

António Ceia da Silva, presidente da ERT- Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo diz tratar-se de uma “situação imprevisível”, dada a evolução do Covid- 19.

Em seu entender, “o turismo internacional vai ser fortemente penalizado”, exemplo disso é já o cancelamento dos voos entre os Estados Unidos e a Europa, com a excepção das viagens para o Reino Unido.

Ceia da Silva considera que esse cancelamento “significa fortes restrições a nível do transporte aéreo, que vai afectar os fluxos turísticos”.

No Alentejo, a esperança é que o “turismo interno” compense “a quebra internacional”.

Ceia da Silva refere que o turismo está a viver um “momento de alguma apreensão” e espera conseguir “superar este problema”.