CM Castro Verde acompanha prejuízos resultantes do incêndio

A Câmara de Castro Verde, vem em comunicado “lamentar publicamente o grave incêndio” que deflagrou na passada segunda-feira, naquela localidade.

A autarquia agradece o “importante e intenso trabalho desenvolvido” pelos cerca de 165 operacionais, que apoiados por 60 veículos conseguiram dominar as chamas, cerca das 02h22 da madrugada desta terça-feira.

O incêndio atingiu “uma área superior a 2.100 hectares, inteiramente no concelho de Castro Verde, no “coração” da Reserva da Biosfera”.

Para o Município de Castro Verde, esta é “uma situação muito grave, que acarreta consequências bastante negativas, no habitat privilegiado da avifauna e nas explorações cerealíferas do concelho, com enormes prejuízos em várias explorações agrícolas que ficaram gravemente atingidas”.

Face a esta situação, a Câmara “irá acompanhar, com a maior proximidade, a evolução de todo quadro de consequências, em conjunto com a Associação de Agricultores do Campo Branco e a LPN – Liga para a Proteção da Natureza, de modo a criar as melhores soluções para minimizar os graves prejuízos agora sofridos”.