Concluída intervenção na Ribeira da Perna Seca

Face às frequentes cheias na Ribeira, que em 1997 e em 2009 causaram estragos elevados no Sobral da Adiça, a Câmara de Moura decidiu, no final de 2009, fazer uma intervenção para regularizar o caudal da ribeira. Sem apoio de organismos estatais, a autarquia assumiu todos os custos.

Os trabalhos de regularização da Ribeira tiveram início em 2011.

Em finais de 2013, o essencial da regularização do leito da linha de água estava feito e não houve mais cheias desde então. As obras foram interrompidas por dificuldades financeiras da empresa a quem foi adjudicada a empreitada. Foram investidos mais de um milhão e 300 mil euros nessa fase da obra, inteiramente assumidos pela Câmara.

Depois do processo de insolvência da empresa, a autarquia adjudicou, em Agosto de 2016, a outro empreiteiro, os trabalhos de conclusão da obra, no valor de cerca de 120 mil euros, para finalização dos trabalhos e para realização de obras de enquadramento paisagístico.

Santiago Macias, presidente da Câmara de Moura, faz referência às normas precisas que direccionaram a intervenção e ao facto da autarquia não ter conseguido qualquer apoio financeiro da parte dos sucessivos Governos.

O autarca destaca ainda a intervenção complementar feita pela Estradas de Portugal que permitiu o sucesso da obra realizada pela Câmara.