Cortes no financiamento da ULSBA motivam intervenção do PCP

O deputado do PCP eleito por Beja questionou o Governo sobre os cortes previstos no Orçamento de Estado para a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

João Dias quer saber se o Governo confirma uma redução do financiamento da ULSBA que pode chegar aos 2 Milhões de euros, quais as razões para o corte e que medidas pensa o Governo implementar para “inverter o subfinanciamento crónico” que se verifica na Unidade Local.

Por outro lado, o parlamentar quer saber por que razão deixaram de ser feitos os pagamentos extra, no duodécimo, de 500 mil euros; quantos médicos estão em falta na Unidade Local e que medidas estão previstas para atrair e fixar os profissionais, nomeadamente de médicos.

João Dias quer ainda conhecer os serviços que estão em risco de encerrar, em concreto no que respeita à pediatria e obstetrícia.

O deputado do PCP defende a revisão do actual modelo de financiamento da ULSBA assente no número de habitantes do distrito e no volume de actos médicos praticados.