CPCJ de Beja lança desafio online

A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Beja tinha programado um conjunto de actividades para este mês, como forma de celebrar o Mês Internacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância que se celebra em abril.

No entanto, face ao Estado de Emergência declarado relativamente à pandemia de Covid-19, os planos mudaram.

Ciente de que o momento que vivemos é de contenção e afastamento sociais, a CPCJ decidiu celebrar a data através de uma actividade online.

Maria Ramires, presidente da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Beja, explica que todos os anos, durante o mês de abril a CPCJ organiza actividades presenciais para pais e crianças.

“Devido ao que está a acontecer, este ano não podemos ter atividades presenciais, mas podemos usar as tecnologias para estarmos mais perto uns dos outros”, assume a presidente.

O desafio é que pais e filhos desenhem laços azuis com os materiais que tiverem em casa e enviem uma fotografia para o Facebook ou sítio da CPCJ.

O objectivo é, “no dia 30 de abril, fazer um grande laço azul com todos os laços enviados. Será fotografado e postado no Facebook”, adianta Maria Ramires.

Maria Ramires refere que “Serei o que me deres que seja Amor” é o lema da campanha do Laço Azul. “Este é o amor que nós queremos que todas as crianças possam ter” adianta a presidente da CPCJ.