“Dê troco a quem precisa” nas Farmácias de Beja

Foto|revistasaude.pt

A campanha “Dê troco a quem precisa” está a decorrer nas farmácias de todo o país para ajudar as famílias que ficaram mais vulneráveis, devido à pandemia de Covid-19, no âmbito do programa Emergência abem que já auxiliou 1.472 pessoas.

A campanha, uma iniciativa desenvolvida pela Associação Dignitude lançada em março de 2020 e que visa permitir o acesso, de forma digna aos medicamentos prescritos a quem não tem capacidade financeira para os adquirir termina em 29 de junho.

Maria de Belém Roseira, embaixadora da Associação Dignitude, explica que a campanha convida as pessoas, que se dirigem às farmácias a doarem o “seu troco”, que reverterá a favor do Fundo Emergência abem: Covid-19, no âmbito da rede solidária do medicamente especificamente dirigida às pessoas vítimas das consequências da pandemia, que perderam rendimentos.

Os donativos recolhidos serão integralmente aplicados no acesso a medicamentos, produtos e serviços de saúde a pessoas que ficaram mais vulneráveis devido à pandemia.

As pessoas, segundo Maria de Belém Roseira, são identificadas como tendo carência económica através dos parceiros da associação no terreno, é-lhes atribuído um cartão com nome e um código de barras identificativos que depois mostram na farmácia.

“Para esta campanha serão cerca de 600 farmácias no continente e nas Regiões Autónomas no sentido de as pessoas que vão a essas farmácias arredondem o troco, doem o troco ao programa Emergência abem: Covid-19, explicou.

A nível nacional, os beneficiários são identificados pelos 47 parceiros locais, como Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, Instituições Particulares de Solidariedade Social, Cáritas e Misericórdias.

Segundo dados da associação, o programa já ajudou até ao final de maio 1.472 pessoas no acesso aos medicamentos, produtos e serviços de saúde e 14.804 entregas de medicação hospitalar em casa ou numa farmácia próxima do domicílio dos beneficiários, através da articulação com 33 hospitais e 2.906 farmácias.

No concelho de Beja, aderem à iniciativa a Farmácia Carapinha do Ó, Farmácia Central, Farmácia J.A. Pacheco, Farmácia Oliveira e Farmácia Santos.

Rádio Pax/ Lusa