Desemprego no Alentejo abaixo da média nacional

No Alentejo a taxa de desemprego em 2017 cifrou-se nos 8,4%, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE). No país atingiu os 8,9%.

No ano passado, as taxas de desemprego mais elevadas, e superiores à média nacional, foram registadas na Região Autónoma da Madeira (10,4%), Norte (9,8%), Área Metropolitana de Lisboa (9,5%) e Região Autónoma dos Açores (9,0%).

Abaixo da média nacional, ficaram as taxas de desemprego do Alentejo (8,4%), do Algarve (7,7%) e do Centro (6,9%).

O INE frisa que “em relação a 2016, e à semelhança do observado globalmente para Portugal, a taxa de desemprego diminuiu em todas as regiões”.

As duas maiores quebras ocorreram no Alentejo (3,7%) e na Região Autónoma da Madeira (2,5%).