Desemprego recuou no Alentejo

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego do Alentejo recuou em outubro 13,1% comparativamente com período homólogo e aumentou 2,4% face a setembro, segundo dados divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

O Alentejo e o Algarve foram as únicas regiões do país onde o desemprego aumentou em outubro face ao mês anterior (setembro).

Em outubro estavam inscritos nos Centro de Emprego do Alentejo 15 234 indivíduos, menos 2 302 do que em outubro do ano passado.

De acordo com o IEFP, no fim de outubro, estavam registados nos Serviços de Emprego do Continente e Regiões Autónomas 351 667 desempregados.

Segundo o Instituto, “para a diminuição do desemprego registado, face ao mês homólogo de 2020, na variação absoluta, contribuíram, com destaque, os grupos dos indivíduos que estão inscritos há menos de um ano (-80 389), os indivíduos que procuram novo emprego (-52 039) e os com idade igual ou superior a 25 anos (-41 967)”.