DRA do PCP pede medidas para trabalhadores e micro empresários

A Direção Regional do Alentejo (DRA) do PCP reuniu ontem para, entre outros assuntos, analisar a evolução da situação política e social na região.

Relativamente à evolução da situação económica e social no Alentejo, o desenvolvimento da Covid-19 na região leva o PCP a “confirmar a necessidade de se avançar com medidas de prevenção e mitigação da epidemia”.

“O surto epidémico atingiu de forma diferenciada a generalidade das áreas e setores da região”.

O PCP “releva que o surto teve, entretanto, um enorme impacto sobretudo nos trabalhadores, nos micro e pequenos empresários, nos homens e mulheres da cultura”.

Na nota de imprensa enviada à Rádio Pax, a Direção Regional do Alentejo do PCP “reafirma a urgência de serem adotados para a região instrumentos de planeamento e de programação que (…) tenham no horizonte uma perspetiva de resposta aos problemas estruturais, garantindo o desenvolvimento das forças produtivas, o aumento da produção (…) enquanto base da criação de emprego com direitos, da fixação de pessoas e da melhoria das condições de vida do povo e da superação dos problemas regionais, valorize a produção e fruição cultural”.

“Neste sentido sublinhamos a importância da elaboração de um Plano de Apoio à Base Económica e de um Plano de Emergência de índole social e económico de caráter mais imediato, cuja elaboração deve envolver as entidades regionais.”