Edifício para Esquadra de voo na BA11 vai custar 5,3 milhões

O concurso para a construção do edifício para Esquadra e simulador de voo na BA11, em Beja, foi prorrogado.

A publicação em Diário da República da conta do prolongamento do prazo do anúncio publicado a 27 de novembro.

A construção de edifício para Esquadra e simulador de voo na Base Aérea de Beja tem um custo de 5,3 milhões de euros.

A intervenção prevê a demolição de edifícios de pequena dimensão existentes, modelação do terreno, execução de fundações diretas, constituídas por sapatas e lajes de ensoleiramento geral, superestrutura em betão armado e em aço estrutural, montagem de infraestruturas interiores e execução de acesso rodoviário e arranjos exteriores.