Eleitos da CDU lamentam a não continuidade da Rural Beja

Os eleitos da CDU na Câmara de Beja lamentam a não continuidade da Rural Beja, um certame que segundo a nota de imprensa enviada às redacções já estava “afirmado no panorama regional e nacional”.

Esta posição dos eleitos da CDU prende-se com o retorno económico alcançado com o certame.

Sónia Calvário, vereadora da CDU na Câmara de Beja refere que a edição de 2017 da Rural Beja alcançou “um retorno económico de 1 milhão e 400 mil euros”.

A vereadora lamenta que este evento possa vir a ser substituído por outra iniciativa que em seu entender “não garante um retorno económico igual ou superior para a região”.

Os eleitos da CDU consideram a Rural Beja “um evento com cariz eminentemente rural e vocacionado para o mundo agrícola, que já se afirmou como promotor do sector, integrado numa estratégia mais global de desenvolvimento do concelho e da região, com vista à promoção do investimento e produção agro industrial.

No documento enviado às redacções, é também referida a importância do Salão do Cavalo, que “nos últimos anos, trouxe a Beja competições internacionais, constituindo-se como uma importante fileira no mundo equestre e taurino (…)”.