EMAS admite aproveitar novo mecanismo de pagamento de dívidas

As autarquias terão um prazo de 25 anos para regularizar as suas dívidas no sector das águas e saneamento, de acordo com um decreto-lei publicado ontem em Diário da República.

As Entidades Gestoras e as Entidades Utilizadoras podem celebrar Acordos de Regularização de Dívida, nos termos previstos no novo diploma.

A EMAS- Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja já havia chegado a entendimento com a Águas Públicas do Alentejo para pagamento de uma dívida na ordem dos 2,5 milhões de euros.

Rui Marreiros, administrador da EMAS, frisa que se forem disponibilizadas condições mais favoráveis do que as contratualizadas, a empresa que gere a água em Beja aproveitará a oportunidade e contratará um empréstimo junto do Banco Europeu de Investimento (BEI).