12°C
Scattered clouds

Empresário agrícola espancado por encapuzados em Beja

Empresário agrícola espancado por encapuzados em Beja

Jorge Ramos, de 27 anos (na foto), foi espancado, por quatro encapuzados armados, no dia 20 de abril, na sua herdade, no concelho de Beja. A notícia é avançada pelo Correio da Manhã (CM).

A vítima trabalhava com um tractor no meio do pomar, no “Monte da Espargueira”, entre o rio Guadiana e Quintos, propriedade dos sogros, quando foi surpreendida.

Jorge Ramos adiantou ao CM: “ouvi uns barulhos, olho para traz e vejo quatro pessoas, com armas de fogo e as caras tapadas. Um deles sobe para cima do tractor. Eu tento defender-me e consegui destapar-lhe a cara. Reconheci imediatamente a pessoa”.

Um outro encapuzado puxou a vítima para o chão, apontou-lhe um “revolver” e começaram a bater-lhe com um pau. Depois de ter sido violentamente espancado, os encapuzados deixaram-lhe uma mensagem: “não te metas mais com a família Karsten Larsen”, revelou Jorge Ramos ao CM.

Karsten Larsen é uma família dinamarquesa que adquiriu em 1997 a herdade “Gravia dos Pisões”, propriedade vizinha do “Monte da Espargueira”.

A vítima sofreu uma fractura craniana, e graves lesões nos braços, no tórax e nas pernas.

Esteve quatro dias internado no Hospital de São José, em Lisboa e em recuperação no Hospital de Beja. Já teve alta, mas continua sem poder trabalhar.

Segundo o Correio da Manhã, existe um diferendo entre as duas famílias causado pela utilização da água de uma nascente para consumo humano. Alegadamente, os dinamarqueses terão direcionado a água só para o seu consumo.

A água nasce no Monte da Espargueira, é transferida para um fontanário e depois distribuída para as duas herdades. Situação que já foi esclarecida em tribunal. Segundo o CM, Karsten Larsen nunca aceitou a decisão do Juiz e continuou a cortar a água aos vizinhos.

Sara Cavaco, mulher de Jorge Ramos, mostra-se desiludida com a GNR pois, só após o marido ter saído do hospital é que foi possível apresentar queixa. A mulher, de 32 anos, já contratou um advogado e espera que os agressores sejam punidos “o mais depressa possível”.

“Não o posso afirmar, mas há fortes suspeitas de ter sido essa pessoa (Karsten Larsen) que mandou espancar o meu marido”, adiantou ao CM.

O jovem casal confessa ter medo de trabalhar.

O CM não consegui obter uma reacção da família Larsen.

PUB

PUB

PUB

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Farmácia de serviço hoje na cidade de Beja

Publicidade

Mais Lidas

1
Ourique
Incêndio fatal em Ourique: homem perde a vida aos 62 Anos
2
Ressonância
Hospital de Beja: A espera terminou, Ressonância Magnética chegou
3
Bombeiros
Polémica nos Bombeiros de Beja: Lista rejeitada responde a comunicado da direção 
Devemos acarinhar os eleitores do Chega? Não! Não podemos
5
Odemira
Alunas de Odemira brilham em competição de ciência em Itália
6
25 de Abril
50 anos de Abril: Catarina Eufémia, um símbolo da luta antifascista
7
roubos em Beja
Semana com ameaças, agressões e roubos em Beja
8
agricultores
Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades

Recomendado para si

21/07/2024
São Teotónio acolhe último dia de FACECO
Castro Verde
21/07/2024
Pavilhão Municipal de Castro Verde renova iluminação
Ourique
21/07/2024
Ourique volta a dinamizar voluntariado jovem para a natureza
Barrancos
21/07/2024
Barrancos vai promover formação para “Falantes do Barranquenho”
20/07/2024
23º concurso de mel destaca tradição apícula de Odemira (com vídeo)
20/07/2024
Artesãos de Odemira mostram a sua arte na FACECO
20/07/2024
“Porta de Entrada do Parque Natural do Vale do Guadiana" é hoje inaugurada
20/07/2024
Rastreios aos cancros de pele e da cavidade oral em São Teotónio