Empresários “amigos” ganham milhares com autarcas do PCP

Moura e Cuba são duas das autarquias, que deram a ganhar milhares de euros a empresas de consultoria em comunicação e artes gráficas.

Duas autarquias do Alentejo: Moura e Cuba fazem parte da lista de Câmaras do PCP, que em 2008 assinaram contratos com a Resiget, empresa de artes gráficas e a Mimir, firma de consultoria. Ambas da região de Setúbal.

De acordo com o Correio da Manhã (CM), em apenas dez anos, estas duas empresas ganharam 648 mil euros, sobretudo com autarquias do PCP, entre elas Moura e Cuba.

A Resiget e a Mimir são lideradas por Carlos Menezes, que em 2011, fez parte de uma comissão de empresários de apoio à CDU, e por Pedro Magro Ramos, que em 2009, ficou em 4º lugar como candidato à Câmara de Oeiras, em Lisboa, pela CDU.

Segundo a mesma fonte, na lista de clientes públicos da Mimir, constam várias empresas, a maioria são autarquias. Moura é uma delas. A empresa já ganhou cerca de 404 270 euros.

No que diz respeito à Resiget, o CM revela que a empresa soma 34 contratos, com 17 clientes do Estado. Desses 34, cerca de 30 estão ligados ao PCP. Moura e Cuba fazem parte dessas autarquias ligadas à empresa.

A Resiget já arrecadou 244 320 euros.