Entradas apresenta exposição sobre a sua história e património

Abre, nesta quarta-feira, ao público no Museu da Ruralidade, em Entradas, pelas 17:00 horas, a exposição “Entradas: A sua História e o seu Património”.

A mostra é elaborada com base no livro “Vila de Entradas, Breves Notas de História e Antologia” do Padre João Rodrigues Lobato e Joaquim de Brito Nobre.

A exposição é uma mostra sobre a vila de Entradas, na freguesia de Castro Verde, que já foi sede de concelho, pelo menos desde 1512, data da concessão da carta de foral por D. Manuel I, até 1836, ano em que o município foi extinto.

Com estatuto de vila, com a sua Câmara Municipal e o respetivo corpo de vereadores, mesmo antes da carta de foral, Entradas, desde a sua doação por D. Afonso III à Ordem de S. Tiago, em 1365, até ao século XXI, viu a sua população atingir o apogeu em 1940, assistiu à visita do monarca D. Sebastião, em 1573, teve o seu hospital no início do século XVI, o mesmo século em que viu ser instituída, a seu pedido, uma Casa da Misericórdia.

Do património edificado existente destacam-se as igrejas da Misericórdia, Matriz e Ermida da Nossa Senhora da Esperança.

Uma exposição sobre a história de Entradas e o seu património que pode ser visitada a partir de hoje até ao dia 28 de fevereiro, durante o horário de funcionamento do Museu.