ESDIME apoia pequena agricultura

A ESDIME- Agência para o Desenvolvimento Local no Alentejo Sudoeste, enquanto Grupo de Ação Local (GAL) com intervenção nos concelhos de Aljustrel, Almodôvar, Castro Verde, Ferreira do Alentejo e Ourique, tem vindo a apoiar o escoamento da produção local em tempos de pandemia.

A criação e dinamização do Programa Alimentar Local e a abertura de avisos de concurso à medida de Cadeias Curtas e Mercados locais, foram os apoios concedidos pela ESDIME.

O Programa Alimentar Local, criado em abril, consiste “numa rede supramunicipal de distribuição de produtos locais diretamente ao domicílio, que envolve já 80 produtoras e produtores dos cinco concelhos”, refere a Agência para o Desenvolvimento Local no Alentejo Sudoeste.

Até 29 de maio estão a decorrer as candidaturas à medida Cadeias Curtas e Mercados Locais que visam dinamizar a criação de cadeias curtas de distribuição alimentar e modelos de comercialização de proximidade de produtos agrícolas e transformados.

“Os avisos destinam-se especificamente para o apoio às cadeias curtas, pondo em prática a simplificação e flexibilização introduzida nos normativos legais, em concreto a Portaria n.º 86/2020” explica a ESDIME.

“Neste âmbito, destaca-se a elegibilidade de despesas incorridas a partir de 5 de abril de 2020, independentemente da data de apresentação da candidatura, e ainda a possibilidade de um apoio às agricultoras e aos agricultores no valor de 48 euros por deslocação aos mercados locais ou outros pontos de entrega.”

Trata-se de uma medida prática que garante algum suporte financeiro às pequenas produtoras e produtores, agora que os mercados vão reabrindo um pouco por todo país.