FACECO solidária com pescadores que perderam embarcações no incêndio de Maio

Metade do valor recolhido com a receita das entradas na FACECO- Feira das Actividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira vai reverter a favor dos pescadores da Azenha do Mar, do concelho de Odemira.

Os pescadores viram as suas embarcações atingidas pelo incêndio no passado dia 6 de Maio, no portinho de pesca daquela localidade.

A Câmara de Odemira, entidade promotora da FACECO quis aliar-se à Campanha de Solidariedade que está a ser desenvolvida junto da comunidade e empresários locais.

A campanha lançada no dia 31 de Maio, Dia Nacional do Pescador, (…) “inclui um conjunto de iniciativas para angariação de fundos que reverterão para a aquisição e/ou reparação das embarcações afectadas (…)”, explica a autarquia.

José Alberto Guerreiro, presidente da Câmara refere que “o município não podia deixar passar esta oportunidade para ajudar [os pescadores]”.

O incêndio de origem desconhecida destruiu e/ou danificou seis embarcações e danificou ainda alguns equipamentos do portinho de pesca.

Das onze embarcações, duas foram totalmente consumidas pelas chamas e outras quatro sofreram danos de diferentes graus, sendo o prejuízo total calculado em cerca de 100 mil euros.