Feira Nacional da Água e do Regadio encerra com “balanço extremamente positivo”

Na última noite do certame, Aníbal Costa fez um balanço “extremamente positivo”. “Criamos as condições para que houvesse mais expositores e incentivamos dessa forma a que a feira fosse maior. Estamos muito satisfeitos” disse o presidente da Câmara Municipal de Ferreira. Os expositores tiveram participação gratuita no certame este ano. “Um grande esforço da Câmara” mas que Aníbal Costa considera fundamental e que traz benefícios a todos os intervenientes.

Apesar do calor, as noites tiveram sempre “muita dinâmica e muito público”. A surpresa deste ano foi a noite de sexta-feira que teve uma “grande afluência”.

O autarca espera desenvolver a Feira Nacional da Água e do Regadio de forma “sustentada” de maneira a que esta cresça de importância e que a próxima edição seja ainda maior.

Sobre o tema deste ano, o Olivoturismo, Aníbal Costa considerou que foi dado o pontapé de saída na discussão de um tema “extremamente pertinente dada a importância do regadio e do sector do azeite” aliada ao crescimento do sector turístico na região. “A actividade agrícola e agroalimentar poderão funcionar como impulsionadoras da actividade turística”, disse o presidente da Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo que se mostrou disponível para que o concelho seja o anfitrião do Congresso Nacional do Olivoturismo.