Ferreira do Alentejo recebe Festival Terras Sem Sombra

O Festival Terras Sem Sombra continua a desenvolver actividades pelo Baixo Alentejo. Depois de ter passado por Vidigueira, Serpa, Odemira e Mértola, a iniciativa está este fim-de-semana em Ferreira do Alentejo.

“Foi preparado um programa único em que a natureza, a música e o património edificado estão em destaque” refere a organização do festival.

Esta tarde, pelas 15 horas, decorre uma visita à Quinta de são Vicente.

Pelas 21h30, o Lagar de Oliveira da Serra, entre Ferreira do Alentejo e Figueira dos Cavaleiros acolhe pela primeira vez um concerto.

A pianista Pauline Yang interpreta um programa com diversos compositores, tendo como fio condutor a temática do sentimento na música.

O programa termina amanha, com a procura de uma planta que só existe no Baixo Alentejo: a Linaria Ricardoi.

José António Falcão, director geral do Festival refere que o Festival “tem vindo a requalificar-se, no sentido de ampliar os seus horizontes e captar novos públicos”.

O director geral da iniciativa fala ainda das próximas actividades “como um programa aliciente que rompe fronteiras (…) e que ajuda a internacionalizar o Alentejo”.