Festival B apontado como “o momento cultural mais alto de 2019”

A Câmara de Beja, apresenta, esta manhã no Museu Regional, a 2ª edição do Festival B, dedicado este ano, “à celebração de Mariana Alcoforado e a comemoração dos 350 anos da primeira edição impressa das cinco Cartas Portuguesas”.

O festival apontado como “o momento cultural mais alto da cidade de Beja, em 2019”, decorrerá de 27 a 30 de Junho, no Centro Histórico, unindo através de 4 palcos um roteiro que destaca também o património edificado da cidade.

Ao longo de 4 dias cerca de 40 artistas/grupos criarão propositadamente para o Festival B mais de 20 espectáculos de diferentes disciplinas artísticas e géneros, através de fusões entre si e de identificação com o universo de Mariana Alcoforado.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, explicou à Rádio Pax que a temática desde ano é “substancialmente diferente da do ano passado, o que coloca enormes desafios [ao Festival].

“Uma das novidades da iniciativa é a realização de residências artísticas e de conceção de espectáculos próprios criando novas dimensões de promoção e valorização da figura histórica de Soror Mariana Alcoforado, a sua dimensão e o seu reconhecimento internacional”, anuncia o Município.

O presidente da Câmara de Beja refere que o Festival “não será apenas” um evento musical. Estão previstas “várias actividades que caracterizarão” a iniciativa, tais como “colóquios, dança e teatro”.

A apresentação pública do Festival B acontece às 11 horas, no Museu Regional de Beja e às 19 horas, na BTL- Bolsa de Turismo de Lisboa, no Pavilhão Alentejo, no stand do Município de Beja.